A FIGURA DO SENSEI
Em homenagem ao Dia do professor.

KARATE-DŌ NOS JOGOS OLÍMPICOS?
Mais uma vez na corrida pela vaga nos Jogos Olímpicos.

KUMITE, O TERCEIRO PILAR
Clique e confira mais sobre esta prática dentro da arte marcial.

domingo, 4 de setembro de 2011

3. KATA: AUTODEFESA, ESTILOS E CULTURA

Osu [押忍]!

Os Kata [形] constituíram por muito tempo a principal forma de manutenção das tradições do Karate-Dō [空手道] em Okinawa [沖縄] (ou Tōde [唐手], na época). Através do Kata [形], o karateka [空手家] realizava seu treinamento de autodefesa, contra diversos adversários imaginários. Por esse motivo o praticante deveria entender os significados e a importância dos gestos executados. A esse estudo das seqüências ou análise dos Kata [形], denominamos Bunkai [分解], sendo uma etapa fundamental no treino de Karate-Dō [空手道] até os dias atuais.

EExistem mais de 100 tipos de Kata [形], sem levar em conta as muitas versões que diferentes estilos de Karate-Dō [空手道] adotam em sua prática para um mesmo exercício. O Kata [形] Kūshankū [公相君], por exemplo, é encontrado em diversos estilos, mas executado de maneiras diferentes e, em alguns casos, até com um nome diferente. Não importa o quanto variam esses gestos para cada estilo, mas sim que sejam eficazes e funcionais.

O Karate-Dō [空手道] se desenvolveu em diversos locais de Okinawa [沖縄], em um processo no qual recebeu influência de muitas culturas, e isso influenciou os Kata [形]. As principais cidades de surgimento do Karate-Dō [空手道] (Naha [那覇], Shuri [首里] e Tomari [泊]) desenvolveram estilos diferentes do então chamado Tōde [唐手]: Naha-Te [那覇手], Shuri-Te [首里手] e Tomari-te [泊手].

Na linha Shuri-Te [首里手] são trabalhados aspectos mais externos da arte marcial, ou seja, ligados ao corpo material. Seus golpes são diretos e em pontos vitais do corpo (atemi-waza [当て身]) e suas defesas são angulosas, como ocorre com a defesa Gedan-barai [下段払い]. Alguns Kata [形] desse estilo são Kūshankū [公相君] e Jion [慈恩].



O estilo Naha-Te [那覇手] busca desenvolver os aspectos mais internos do ser, ou seja, mentais e espirituais. Suas técnicas são de curto alcance, com movimentos ora lentos, ora explosivos, além de torções e quebramentos de articulações. O treinamento ainda compreende técnicas de respiração aliadas aos gestos, cuja finalidade é movimentar e canalizar o Ki [気] (energia vital). Exemplos de Kata [形] Naha-Te [那覇手] são Saifa [砕破], Seishan [セイシャン] e Sūpārinpei [壱百零八].


O Tomari-te [泊手] é um estilo que mescla características de ambos os anteriores, apresentando alguma influência do Qúan-fà [拳法] chinês. O deslocamento em seus Kata [形] ocorre normalmente em uma linha central, tanto para ataques quanto para defesas. Alguns Kata [形] são Chintō [岩鶴], Wanshū [王酒] e Unsu [雲手].



Alguns estilos de Karate-Dō [空手道] tiveram os nomes de seus Kata [形] alterados. Isso se deve a uma adaptação do idioma de Okinawa [沖縄] ao japonês, a exemplo do que Gichin Funakoshi [義珍 船越] realizou ao instaurar o estilo Shōtōkan [松濤館]. A série Pin’an [平安]  é equivalente a Heian [平安], Chintō [岩鶴] passou a ser Gankaku [岩鶴], entre muitos outros. A forma de escrita (kanji [漢字]) não foi alterada , mas a pronúncia passou a ser da língua japonesa. A maioria dos estilos, no entanto, utiliza-se ainda da nomenclatura clássica de Okinawa [沖縄], como ocorre com o Gōjū-ryū [剛柔流], Wadō-ryū [和道流] e Shitō-ryū [糸東流] (embora algumas linhagens não sigam esta lógica).

Sendo o Karate-Dō [空手道] um importante elemento da cultura de Okinawa [沖縄], encontramos algumas manifestações dele em áreas diferentes, como na música e no teatro. Okinawa [沖縄] possui um estilo musical típico chamado Eisá [エイサー], o qual utiliza o som de Taiko [太鼓] (tambores) e elaboradas coreografias em suas apresentações. O vídeo abaixo apresenta uma coreografia de Eisá [エイサー] que faz uso de um Kata [形] de Karate-Dō [空手道] (Kūshankū [公相君]) e Kobudō [古武道], uma arte marcial com armas variadas.



A cultura que permeia o Karate-Dō [空手道] é muito rica e seu estudo pode trazer diversos benefícios à nossa prática diária. Adaptando-se de diferentes formas, um conhecimento que já foi voltado exclusivamente para a sobrevivência é hoje ferramenta de desenvolvimento pessoal e caminhos artísticos.

Osu [押忍]!

Brandel Filho [ブランデル フィリオ]

----------------------------------------------------------------------
REFERÊNCIAS

CAMPS, H.; CEREZO, S. Estudio técnico comparado de los Katas de Karate. Barcelona: Editorial Alas, 2005.

FROSI, T. O.; LOPES FILHO, B. J. P.; MAZO. J. Kata de karate: a cultura nos shiteigata da World Karate Federation. Lecturas, Educación Física y Deportes (Buenos Aires), v. 16, n. 158, 2011. Disponível em <http://www.efdeportes.com/efd158/kata-de-karate-a-cultura-nos-shiteigata.htm>

FROSI, T. O.; OLIVEIRA, G. B.; TODT, N. S. Budô e Olimpismo: a confluência de símbolos do oriente e do ocidente na busca de valores para a sociedade moderna. Revista Corpo em Movimento. Canoas: Ed. ULBRA, 2008. v.6, n.1.

NAKAZATO, J.; OSHIRO, N.; MIYAGI, T.; TUHA, K.; KOHAGURA, Y.; HIGAONNA, M.; TAIRA, S.; SAKUMOTO, T. Okinawa Karate and Martial Arts with Weaponry. Disponível em: www.wonder-okinawa.jp/023/eng, acesso em: 20 jun. 2005.

SHINJYO, K.; SENAHA, S.; ONAGA,Y. Three Major Schools of Okinawa Karate. Lake Forest, CA: YOE Incorporated, 2004. 2 DVD.